Cavalos de corrida têm 'luxo' fora das pistas

No Jockey Club de Hong Kong, animais são acompanhados por equipes inteiras.

Da BBC Brasil, BBC

06 Junho 2008 | 16h48

Para estar entre os animais mais rápidos do planeta, cavalos de corrida não só treinam duro, mas levam uma vida repleta de mimos.No Jockey Club de Hong Kong, os eqüinos são acompanhados por equipes inteiras e tratadores, veterinários, treinadores e até acupunturistas."O mais importante é a saúde deles e a estabilidade pessoal", afirma o tratador Andreas Schutz. "Eles tem de estar de cabeça fria, felizes e, claro, saudáveis. Isso é o mais importante."Cada um dos cavalos do Jockey Club de Hong Kong vale milhares de dólares. Por isso, na hora de tratar deles, os donos não fazem economia.Se o animal sente dor nas costas, o acupunturista está à disposição. "Eu trato cavalos com dores nas costas", afirma o veterinário Lawrence Chan. "É bem decepcionante, porque os cavalos podem não correr bem se estiverem sentindo dores." "Você também pode usar tratamentos como eletrochoques ou analgésicos, mas o efeito é temporário", acrescenta Chan. A temperatura nos estábulos é constante: 20° C - no verão ou no inverno. Parte da rotina dos cavalos inclui sessões de natação em uma piscina especialmente construída. Quando faz frio do lado de fora, os cavalos podem se aquecer após o treinamento debaixo de luzes infra-vermelhas. Tudo para garantir um bom desempenho nas pistas.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Mais conteúdo sobre:
cavaloshipismohong kong

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.