Ceagesp em clima natalino

Tuias e pinheiros, que são tradicionalmente enfeitados para as festas, chegam em quantidade ao entreposto

NIZA SOUZA, O Estado de S.Paulo

26 Novembro 2008 | 02h09

O visual da feira de flores e plantas ornamentais na Central de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) já começou a mudar com a chegada das tuias e pinheirinhos de Natal. Desde a semana passada, os produtores começaram a aumentar a oferta no entreposto, na capital paulista. Este ano, a estimativa de venda de árvores de Natal na Ceagesp é de 240 mil unidades, crescimento entre 8% e 10% com relação a 2007. Deste volume, 90% são comercializadas entre o fim de novembro e a semana do Natal. O produtor Luiz Henrique Bueno, que cultiva tuias em Parelheiros, zona sul de São Paulo (SP), espera vender 7 mil tuias. "A mais procurada é a áurea, mas tenho também maçã, europa, prata e outras." Mas a melhor notícia para os consumidores é o preço. "As árvores maiores estão até um pouco mais baratas este ano", diz. "Tenho tuia a partir de R$ 10. A mais cara é a de 3 metros, que sai por R$ 400." A Fazenda Terra Viva, de Holambra (SP), preparou este ano a tuia em potes menores, com substrato em gel. Conforme o gerente de Marketing, Carlos André Gouveia, o gel mantém a umidade e aumenta a durabilidade da tuia. "A árvore fica hidratada." A feira funciona de terça-feira e sexta-feira, das 5 horas às 10h30. Informações, www.ceagesp.gov.br.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.