Ceará aprova lei antifumo com área reservada a fumantes

O Ceará é o mais novo Estado brasileiro a adotar a lei antifumo. O governador Cid Gomes (PSB), fumante inveterado, sancionou lei do deputado Dedé Teixeira (PT), que proíbe fumar em áreas coletivas públicas e privadas. A lei diz que os fumantes não podem acender cigarro em ambientes de trabalho, restaurantes, bares, cinemas, escolas, hospitais, áreas comuns de condomínio e praças de alimentação de shoppings. Cid Gomes promete respeitar a lei assinada por ele. "Só vou fumar nos espaços reservados para não incomodar ninguém", afirmou.

LAURIBERTO BRAGA, Agencia Estado

03 Setembro 2009 | 16h53

Mas, diferente da aplicada em São Paulo, a lei prevê espaços reservados aos fumantes. Os fumódromos devem ter separação com barreira física e serem dotados de exaustores. Os estabelecimentos que desobedecerem a lei terão de pagar multa de R$ 1.234 a 3.703 e podem até ser fechados por 48 horas para se adequarem à lei.

Mais conteúdo sobre:
lei antifumoCECid Gomes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.