CEF espera decreto para liberar FGTS a vítimas da chuva

A presidente da Caixa Econômica Federal, Maria Fernanda Coelho, disse que o governo vai liberar o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para as vítimas das enchentes em Pernambuco e Alagoas e espera estar pronta em cinco dias úteis para trabalhar. Ela explica que antes é preciso a edição de um decreto presidencial autorizando a liberação.

ADRIANA FERNANDES, Agência Estado

21 de junho de 2010 | 19h56

A liberação será voltada para as localidades que o Ministério da Integração Nacional declarar em estado de emergência e calamidade pública. Maria Fernanda disse que o limite para a liberação será de R$ 4.650. E que será feita no mesmos moldes daquela concedida às vítimas das enchentes do Rio de Janeiro.

A Caixa também vai emitir um novo CPF para as vítimas das enchentes sem cobrança de taxa e oferecer condições diferenciadas de crédito para essas pessoas. Ela ressaltou que a situação de Alagoas é muito difícil e que é preciso esperar a água baixar para as agências começarem o atendimento.

Tudo o que sabemos sobre:
chuvasAlagoasPernambucoFGTSCaixa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.