Celular perdido leva a descoberta de rede de pornografia infantil

Aparelho deixado por homem de 50 anos em ônibus de Newcastle ajudou a identificar mais de 70 suspeitos.

BBC Brasil, BBC

28 de maio de 2010 | 07h00

A polícia britânica desbaratou uma rede de pornografia infantil depois que um de seus integrantes esqueceu seu telefone celular em um ônibus em Newcastle, no norte da Inglaterra.

As informações contidas no celular esquecido por Michael Fraser, de 50 anos, levaram à identificação de mais de 70 suspeitos.

O celular foi entregue à polícia pelo motorista do ônibus, que disse ter ficado chocado ao ver as imagens quando procurava informações sobre o dono do aparelho para devolvê-lo.

Pelo menos 21 pessoas foram presas como resultado das investigações, iniciadas em fevereiro.

Serviços

Fraser admitiu à Justiça a posse de imagens indecentes de crianças e foi condenado a três anos de prestações de serviços à comunidade.

Seu nome também será mantido em um registro nacional de pedófilos por cinco anos.

Outro acusado, David Walton, de 48 anos, foi condenado a uma pena de prisão indeterminada por possuir e distribuir imagens indecentes de crianças.

Pelo menos outras três pessoas foram condenadas por participação na rede.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.