Centro-esquerda não consegue eleger Prodi como presidente da Itália

A centro-esquerda italiana fracassou em sua tentativa de eleger o ex-primeiro-ministro Romano Prodi como presidente, na quarta rodada de votação, nesta sexta-feira, ficando bem aquém de uma maioria de 1.007 eleitores no Parlamento.

Reuters

19 de abril de 2013 | 14h24

A próxima rodada de votação está prevista para sábado, e autoridades da centro-esquerda dizem que vão fazer um novo esforço para que Prodi ganhe a eleição.

Prodi teve menos de 400 votos. Ele precisava de uma maioria absoluta de 504 votos para ganhar.

(Reportagem de James Mackenzie)

Tudo o que sabemos sobre:
ITALIACENTROESQUERDAPERDE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.