Cerca de 1 milhão de pessoas está sem água há dois dias no ABC

Fornecimento foi interrompido na quarta para manutenção; abastecimento deve ser normalizado no sábado

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

05 de setembro de 2008 | 14h22

Cerca de 1 milhão de moradores do Grande ABC, principalmente das regiões de Santo André, Mauá e Ribeirão Pires, continuavam com o abastecimento de água irregular nesta sexta-feira, 5. Segundo previsão da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), a partir da tarde desta sexta o fornecimento de água começaria a se normalizar. A previsão é a de que até a manhã deste sábado, 6, o restabelecimento da água esteja concluído. O fornecimento de água foi interrompido na última quarta-feira, 3, para serviços de manutenção do Sistema Rio Claro, que integra o Sistema de Abastecimento da Região Metropolitana de São Paulo, responsável pela produção de aproximadamente 10 bilhões e 200 milhões de litros de água por mês. Mais de 330 profissionais foram mobilizados, entre técnicos e especialistas em saneamento, para realizar o trabalho em regime de mutirão, que de acordo com a Sabesp, transcorreu dentro do prazo previsto.  Durante a parada programada, prevista para durar 26 horas, foram realizados serviços nas instalações elétricas e mecânicas de todo o Sistema, além de executar reparos que não estavam programados e foram identificados durante os trabalhos, provocando o atraso.

Tudo o que sabemos sobre:
abastecimentoáguaABC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.