Cestas

Ao assinar uma cesta de orgânicos você está dizendo ao produtor que ele pode produzir aquele alimento. É um compromisso que ajuda a organizar a vida de quem está na ponta de lá dessa relação de consumo. Para a ponta de cá, a vantagem é a facilidade: na periodicidade que você optar, a cesta chega em casa, com o que tem de bom na semana. Ao escolher a cesta, o consumidor opta por um tamanho (por exemplo, a média pode ter dois maços de folhas, meio quilo de uma fruta, meio quilo de um legume, um maço de tempero e um pote de conserva, que pode ser geleia, molho, picles, etc) e uma periodicidade (toda semana, a cada 15 dias).

O Estado de S.Paulo

19 de junho de 2014 | 02h08

Há também modelos mais abertos, como o da Sol e Terra Orgânicos, que atende 50 famílias. Semanalmente, chega aos clientes a relação de produtos. Eles escolhem o que querem. "Por se tratar de orgânicos, atualizamos toda semana porque os produtos estão sujeitos aos fatores de clima", diz Laudina Pupin, proprietária da empresa. O pedido mínimo é de R$ 60 (mais taxa de entrega de R$ 10).

Vantagem: receber os produtos sem sair de casa. Na maioria das vezes, eles já vem pré-lavados, prontos para o uso.

Desvantagens: o preço. Além dos próprios produtos serem mais caros, há a taxa de entrega.

Preço: De R$ 35 a R$ 60.

Onde: www.levebemdelivery.com.br; www.familiaorganica.com.br; www.santaadelaide.org

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.