CET retoma hoje o uso dos radares móveis em SP

A partir de hoje, a Companhia de Engenharia de Trânsito (CET) volta a multar com o auxílio de radares móveis distribuídos por sete ruas de São Paulo. Em setembro, a fiscalização foi interrompida por causa do fim do contrato com as empresas prestadoras do serviço. Os dez novos aparelhos serão instalados em esquema de rodízio nas Avenidas Robert Kennedy, João Dias, Santo Amaro, Vereador José Diniz, Estrada de Itapecerica, Senador Teotônio Vilela e Estrada do M?Boi Mirim. Essas duas últimas estão na lista da CET das vias mais perigosas para pedestres. Os dez radares serão responsáveis por fiscalizar 42 pontos da cidade. Em todos eles, o limite de velocidade é de 50 km/h. Com eles, a CET reforça a fiscalização eletrônica, que corresponde a 34% de todas as multas aplicadas na cidade. A companhia conta também com 63 radares fixos, 100 lombadas eletrônicas, 65 radares que registram placas de veículos que invadem corredores de ônibus e 136 que flagram desrespeito a semáforos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.