Cetesb interpela esposa de acionista do Center Norte

A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) interpelou judicialmente a empresária Yara Baumgart, esposa de um dos principais acionistas do Shopping Center Norte, para que, no prazo de 48 horas, dê explicações sobre suas declarações ao jornal O Estado de S. Paulo, em entrevista publicada na edição impressa de hoje. Yara Baumgart teria dito que a notícia do perigo de explosão do centro comercial só cresceu tanto porque a família rompeu o contrato com a Tecnohidro, empresa indicada pela Cetesb para resolver o problema de mitigação de gases no local, e chamou outra, a multinacional Environ, de escolha própria. "Eles se sentiram preteridos e fizeram crescer a história da explosão", diz Yara. A direção do órgão considerou as afirmações caluniosas, difamatórias e injuriosas, portanto, ilícitos jurídicos tipificados no Código Penal e na Lei de Imprensa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.