Chá para aumentar os seios causa polêmica na China

Uma bebida "milagrosa" para aumentar o tamanho dos seios vem causando polêmica na China, após centenas de mulheres que a consumiam terem se queixado de problemas de saúde, segundo divulgado nesta terça-feira pelo jornal China Daily.O produto, um chá denominado Bolibao, prometia um crescimentodo busto após poucas semanas de consumo. A empresa, que veicula anúncios na televisão, principalmente em programas noturnos de televendas, diz utilizar "a última tecnologia" na composição de sua bebida, que afirma ser o produto "mais eficaz do mundo para aumentar os seios".A rede de televisão estatal CCTV denunciou a situação em umprograma de auditório, no qual uma moça de 20 anos, identificada comoBeibei, confessou ter gasto US$ 375 no tratamento, que lhe causouproblemas de acne, desregulação menstrual e dor nos seios.Este é apenas um dentre os milhares de produtos que vendem"soluções mágicas" para aumentar os seios, reduzir as olheiras e asbolsas dos olhos, alargar o pescoço ou branquear a pele semnecessidade de passar por uma sala de cirurgia, dentre muitos outrosobjetivos que revelam a grande obsessão das mulheres chinesas com a imagem.Estes produtos invadem as televisões chinesas após a meia-noite,e costumam adotar o mesmo padrão publicitário: uma chinesa chorosa edesiludida com sua própria imagem reconhece estar deprimida e complexada.Mais de 30 consumidoras do Bolibao denunciaram à CCTV que oproduto não havia surtido nenhum efeito, enquanto outrascentenas de mulheres disseram ter se sentido mal com o chá.A bebida, criada pela companhia Gi Guan Tian Xia, foi elaborada apartir da papaia e do kudzu, ingredientes da medicina tradicionalchinesa.

Agencia Estado,

04 de julho de 2006 | 16h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.