Chávez celebra cúpula de ALatina e Caribe sem 'tutela' dos EUA

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, celebrou na segunda-feira o fato de a Cúpula da América Latina e do Caribe, que ocorre nesta semana no Brasil, estar se realizando sem a "tutela" dos EUA e com a presença de Cuba. O governante esquerdista critica constantemente a política "intervencionista" da Casa Branca em assuntos internos dos países da região e tem condenado o bloqueio econômico que Washington mantém por décadas contra a ilha caribenha. "Creio que o mais importante é que será uma cúpula sem a observação direta, sem a tutela dos Estados Unidos", afirmou Chávez em uma transmissão da TV estatal. "Isto indica que o império norte-americano já não tem capacidade de chantagear ou de pressionar ou de impor suas decisões arbitrárias em nossa comunidade da América Latina e do Caribe", acrescentou. Os presidentes dos países da região participam de uma cúpula no balneário da Costa do Sauípe, na Bahia, no momento em que seus países começam a sentir os efeitos da crise financeira global. (Por Fabián Andrés Cambero)

REUTERS

15 Dezembro 2008 | 22h54

Mais conteúdo sobre:
CUPULA CHAVEZ CELEBRA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.