Chávez diz que Zelaya voltará a Honduras 'nas próximas horas'

O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, regressará nas próximas horas a seu país, assegurou na sexta-feira o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, durante visita a La Paz.

REUTERS

17 Julho 2009 | 13h02

O possível retorno de Zelaya, que foi deposto da presidência em 28 de junho por militares e grupos de civis, desafiaria as advertências feitas pelo governo de facto que se instalou no país da América Central de que o mandatário deposto seria preso ao chegar ao país.

"Zelaya disse que nas próximas horas entra em Honduras, pois nós estamos com Zelaya, é preciso apoiá-lo", disse Chávez a jornalistas ao entrar no palácio governamental para reunir-se com o colega boliviano Evo Morales.

"Já verão os gorilas o que vão fazer, lá existe um povo (que) tem bloqueadas quase todas as estradas, o país está paralisado, é um país ingovernável", acrescentou.

(Reportagem de Carlos Alberto Quiroga)

Mais conteúdo sobre:
HONDURASCHAVEZANUNCIAVOLTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.