Chefe da polícia militar síria anuncia deserção

O chefe da polícia militar da Síria desertou do Exército e declarou lealdade à revolta contra o presidente, Bashar al-Assad, de acordo com um vídeo e uma fonte de segurança.

Reuters

26 Dezembro 2012 | 08h24

"Eu sou o general Abdelaziz Jassim al-Shalal, chefe da polícia militar. Eu desertei devido ao desvio do Exército de seu dever primário de proteger o país e sua transformação em gangues de assassinato e destruição", disse o oficial em um vídeo publicado no YouTube.

Uma fonte de segurança da Síria confirmou a deserção, mas minimizou sua importância, dizendo que Shalal deveria se aposentar e havia desertado para "brincar de herói."

(Reportagem de Erika Solomon)

Mais conteúdo sobre:
SIRIA CHEFE DESERTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.