Chefe de agência ambiental diz que fica

Lisa Jackson, a chefe da Agência de Proteção Ambiental americana (EPA), disse que não tem intenção de deixar o cargo, mesmo após o presidente Barack Obama ter ordenado a retirada de um projeto com medidas para melhorar a qualidade do ar no país. Obama argumentou que o projeto seria um peso para a indústria em uma hora de incerteza econômica. A medida foi um revés para Lisa, que já sofre com a pressão de republicanos, que criticam a agência por adotar medidas que impactam nos empregos. "Há um importante trabalho a fazer e agora é defender e não reverter a proteção à saúde", diz. / AFRA BALAZINA, com AGÊNCIAS

O Estado de S.Paulo

17 Outubro 2011 | 03h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.