Chefe de gabinete de Marta vira diretora da FBN

Maristela Rangel Pinto, atual chefe de gabinete da ministra da Cultura, Marta Suplicy, vai se tornar diretora executiva da Fundação Biblioteca Nacional (FBN) nas próximas semanas, segundo informou nesta segunda-feira a assessoria da Fundação.

FÁBIO GRELLET, Agência Estado

11 de março de 2013 | 19h29

Tida como uma das funcionárias de maior confiança de Marta, ela deve se mudar de Brasília para o Rio e auxiliar o presidente da FBN, Galeno Amorim, que nos últimos meses enfrentou dificuldades como uma greve de servidores e problemas estruturais na sede da Biblioteca Nacional, no centro do Rio (onde defeitos no sistema de ar condicionado causaram temperaturas de até 40ºC).

Segundo a FBN, a contratação de Maristela está em andamento. Como é necessário submeter a decisão à presidente Dilma Rousseff (PT), o processo deve ser concluído apenas durante a próxima semana.

Tudo o que sabemos sobre:
Biblioteca Nacionaldiretoria

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.