Chega a 15 número de cidades em emergência no RS

Vale do Rio dos Sinos concentra problemas, onde nível de água subiu alagando vários municípios

Elder Ogliari, O Estado de S.Paulo

08 de maio de 2008 | 20h50

O Rio Grande do Sul passou a ter 15 municípios em situação de emergência nesta quinta-feira, 7, com a inclusão de Dom Pedro de Alcântara, Osório, Caraá e Novo Hamburgo na lista. Todos sofreram prejuízos decorrentes dos temporais de sábado, provocados por um ciclone extratropical. O problema agora está no Vale do Rio dos Sinos, onde o grande volume de água da chuva das nascentes chegou na quarta-feira, inundando diversos bairros de Campo Bom, São Leopoldo, Sapiranga e Novo Hamburgo. Isso fez com que o número de desalojados, que havia caído para cerca de duas mil pessoas, subisse para quase cinco mil de novo. Em São Leopoldo, um rapaz de 18 anos está desaparecido desde a noite de quarta-feira, quando caiu no rio. Depois de toda a destruição, as águas começaram a baixar nesta quinta-feira. Como as previsões meteorológicas indicam que os próximos dias serão ensolarados, a perspectiva é que os desabrigados possam voltar para suas casas no final de semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.