Chega a 42 número de presos recapturados em PE

Chega a 42 o número de presos recapturados após uma fuga em massa, na tarde de hoje, do Centro de Triagem Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, na região metropolitana do Recife. Os detentos aproveitaram a ausência dos guardas especiais temporários, responsáveis pela vigilância externa do presídio, para fugir. Era hora do almoço. Eles usaram cordas feitas com lençóis para pular o muro. Sob o comando da Polícia Militar (PM), foi montada uma operação envolvendo 200 homens e o uso de um helicóptero para ajudar no cerco e captura dos fugitivos.Com uma população de 987 presos, o Cotel tem capacidade para abrigar 311. De acordo com o superintendente de Segurança Penitenciária de Pernambuco, coronel da PM Isaac Wanderley, as buscas continuariam pela noite. Por telefone, Wanderley ainda aguardava a contagem final dos presos, feita com a ajuda do Batalhão de Choque.A PM assumiu a guarda do Cotel. O grupo de 20 guardas especiais temporários (GETs) que faltou ao trabalho será responsabilizado, criminalmente, pela fuga. Segundo o superintendente de Segurança Penitenciária de Pernambuco, o GET foi criada no governo anterior e não será mantida pela atual gestão, que não renovaria o contrato dos guardas, que se encerra quinta-feira. Eles estariam revoltados por não serem reaproveitados e decidiram não comparecer ao presídio para render outro grupo de 20 guardas especiais temporários na manhã de hoje. Eles cumprem turnos de 24 horas por 72 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.