Chega a 791 o total de mortos na Região Serrana do Rio

Já chega a 791 o número de mortos em decorrência das chuvas e dos deslizamentos de terra ocorridos na Região Serrana do Rio de Janeiro, segundo balanço atualizado no início da tarde de hoje pela Secretaria de Estado de Saúde e Defesa Civil (Sesdec) fluminense. São 386 mortes em Nova Friburgo; 317 mortes em Teresópolis; 66 em Petrópolis e 22 em Sumidouro.

RICARDO VALOTA, Agência Estado

22 de janeiro de 2011 | 14h43

Em Petrópolis, há 3.600 pessoas desalojadas - pessoas que podem contar com ajuda de vizinhos e familiares - e 2.800 desabrigadas - as que perderam tudo e precisam dos abrigos públicos. Em Teresópolis, são 960 desalojados e 1.280 desabrigados. Já Nova Friburgo tem 3.220 desalojados e 1.970 desabrigados. O número de desaparecidos chega a 400.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.