Chevron quer pagar R$ 311 mi para encerrar ação judicial

A petroleira norte-americana Chevron propôs ao Ministério Público Federal o pagamento de R$ 311 milhões para o encerramento de duas ações judiciais relacionadas ao vazamento de petróleo cru na Bacia de Campos de um poço explorado pela empresa.

SERGIO TORRES, Agência Estado

17 Dezembro 2012 | 15h08

A resposta do Ministério Público Federal só deverá ser conhecida em janeiro do próximo ano. A Chevron propôs que R$ 90 milhões sejam pagos em forma de ações compensatórias, preferencialmente nas áreas ambiental e social.

A proposta da petroleira foi revelada na sexta-feira (14) em audiência pública da qual participaram representantes de órgãos governamentais, como o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), e entidades privadas.

O valor proposto pela companhia poderá ser até maior ou diminuir. Tudo dependerá da manifestação dos procuradores sobre a intenção do Chevron.

Mais conteúdo sobre:
ambiente Chevron

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.