China aprova compra da Xstrata por Glencore sob condições

O Ministério de Comércio da China aprovou condicionalmente a compra da mineradora Xstrata pela trader de commodities Glencore.

Reuters

16 de abril de 2013 | 15h03

A Glencore vinha aguardando há vários meses pela aprovação da China, maior comprador dos produtos que comercializa e produz, antes de completar a aquisição de 35 bilhões de dólares da Xstrata. A operação é a maior aquisição no setor até hoje.

A Glencore terá de vender ativos na mina de cobre Las Bambas, no Peru, dentro de três meses, informou o ministério em comunicado em seu site.

Outra condição definida pelo ministério é que a trader também terá de fornecer certas quantidades de concentrados de cobre, zinco e chumbo a seus clientes chineses todos os anos entre 2013 e 2020.

(Por Michael Martina e Shao Xiaoyi)

Tudo o que sabemos sobre:
MINERACAOCHINAGLENCOREXSTRATA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.