Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

China bloqueia acordo do G20 sobre indicadores, diz fonte

A China é o único país a bloquear um acordo sobre um conjunto de indicadores para medir os desequilíbrios globais, deixando os representantes com um número limitado de opções para apresentar aos ministros no sábado, afirmou uma autoridade do G20.

REUTERS

18 de fevereiro de 2011 | 20h56

Ela disse que os representantes esboçaram uma lista de dois conjuntos de indicadores internos --dívida pública e déficits e da poupança privada-- e dois grupos de externos --conta corrente ou conta comercial, bem como níveis de reserva combinados com taxas de câmbio reais.

"A China está reticente no geral", disse a fonte, destacando que Pequim preferia incluir o saldo comercial ao invés da conta corrente. "E sua posição sobre as reservas e as taxas de câmbio é bem conhecida", afirmou.

A oposição da China deixou os representantes do G20 com opções limitadas para sugerir no sábado: aceitar os quatro indicadores ou rejeitá-los; introduzir uma hierarquia em que alguns indicadores contam mais do que os outros ou usar um atraso de tempo para a sua introdução gradual, disse o funcionário.

"Não posso dizer a você o que acontecerá amanhã (sábado). Ninguém sabe", disse. "Ninguém está tentando empurrar a China para o canto."

(Reportagem de Daniel Flynn e Jean-Baptiste Vey)

Tudo o que sabemos sobre:
GVINTECHINABLOQUEIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.