China divulga descoberta de novos tipos do vírus H5N1

Um grupo de cientistas chineses revelou adescoberta, feita em 2004, de quatro novos genótipos - configurações genéticas - do vírus H5N1da gripe aviária, em pardais, informou a agênciaoficial de notícias Xinhua. Há dois anos, o Instituto de Virologia de Wuhan, na provínciacentral chinesa de Hubei, analisou os excrementos de 38 pardais,depois que foi detectado um foco da doença em um distrito dessaprovíncia. "Algumas dessas amostras deram um resultado positivo do vírusH5N1", disse Li Tianxian, pesquisador do instituto. Segundo Li, das 25 amostras coletadas, foram encontradas cincovariedades do vírus da gripe aviária, entre eles, quatro eram novosgenótipos do H5N1. As autoridades chinesas afirmavam, até então, que a gripe aviáriahavia sido transmitida ao país durante a passagem de avesmigratórias. No entanto, a descoberta publicada pela imprensa chinesamostra que aves não migratórias, como os pardais, também podem seruma via potencial de transmissão. A pesquisa realizada por Li foi publicada em dezembro de 2005 narevista americana Journal of Virology, mas ainda não havia sidodivulgada pela imprensa chinesa. "Não há nenhum motivo para que o pânico aumente. As descobertasaconteceram há dois anos e não há nenhum indício de que os pardaisrepresentem um risco", afirmou Li.

Agencia Estado,

26 de outubro de 2006 | 16h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.