China faz primeiros testes com telefonia celular 4G do mundo

A China está realizando em Xangai os primeiros testes do mundo com tecnologia móvel de quarta geração (4G), completamente desenvolvida por pesquisadores chineses, informou a imprensa local. A nova tecnologia 4G transmite dados até 50 vezes mais rápido que a 3G, a mais recente nos mercados mundiais. Paradoxalmente, a terceira geração ainda não funciona na China, por culpa dos atrasos do Governo na concessão de licenças, mesmo contando com tecnologia própria. Numa manobra para tomar a liderança no mercado, os engenheiros chineses decidiram saltar para a quarta geração de telefonia celular. Os testes "demonstram que a tecnologia desenvolvida é viável e representam um passo a mais rumo à sua utilização comercial", afirmou o chefe do programa, You Xiaohu. Os testes são financiados pelo Estado e custarão cerca de 150 milhões de yuans (US$ 19,2 milhões). A China fica numa posição de vantagem mundial no setor da telefonia 4G, embora outros países estejam à frente na implementação da rede de 3G, afirmou Zhu Pengjun, diretor do Centro de Pesquisa de Comunicação Sem Fios ao jornal "Shanghai Daily". No entanto, os especialistas, não esperam projetos para desenvolver comercialmente a 4G na China pelo menos nos próximos cinco anos. O país já fez grandes investimentos na rede 3G, que começará a funcionar em 2007. "Embora a 3G seja um grande salto, ainda sofrerá problemas se muitos usuários baixarem conteúdos pesados, como filmes", afirmou Yi Mingyu, analista ligado ao Ministério de Indústria da Informação. A 4G permitiria evitar as dificuldades, mas sua comercialização será adiada até 2010 para poder rentabilizar os investimentos na 3G. A tecnologia 4G permite acesso à internet pelo telefone celular, a 100 Megabits por segundo, contra 2,84 Megabits por segundo das redes de 3G.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.