China remove 150 mil de área em risco de inundação

Deslizamentos causados por terremoto formaram lago que ameaça inundar área próxima.

Da BBC Brasil, BBC

28 de maio de 2008 | 15h50

Autoridades chinesas removeram mais de 150 mil pessoas que moravam perto da montanha de Tangjiashan, em Sichuan, depois que deslizamentos de terra provocados pelo terremoto no país, há duas semanas, formaram um lago que ameaça inundar as áreas vizinhas.A terra acumulada bloqueou o curso de um rio e provocou a formação da represa que, se transbordar, poderá causar enchentes e enxurradas.O governo estima que o lago, que fica próximo do vilarejo de Beichuan, já contém mais de 130 milhões de metros cúbicos de água represados. Soldados chineses trabalham sem parar a fim de drenar o lago. O Exército está usando tratores, escavadeiras e dinamite para abrir um canal de escoamento. Autoridades do governo afirmam que o risco de uma enxurrada é real porque a água está represada há mais de duas semanas.Há preocupação de que outros lagos e represas na região também estejam em risco, tudo isso em meio a mais tremores. Os problemas atrasam os trabalhos de resgate. Estimativas oficiais apontam que será necessário pelo menos três anos até que a vida dos sobreviventes moradores da província de Sichuan retorne ao normal.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.