Chineses descobrem relação entre gene e câncer de fígado

Um grupo de cientistas chineses do CentroNacional do Genoma Humano, situado em Xangai, descobriu uma relação entre o gene identificado como DLK1 e o câncer de fígado, informounesta sexta-feira a agência oficial de notícias Xinhua. Os pesquisadores Huang Jiang e Zhang Xin, responsáveis por um estudo sobre o câncer hepático, detectaram uma grande freqüência dogene DLK1 em tecidos de carcinoma hepatocelular (tumor maligno nos tecidos do fígado), e concluíram que o gene participa da formação docâncer. Eles analisaram 82 casos de câncer hepático.Huang disse que o gene não foi encontrado nas células de fígados saudáveis e que sua presença pode se tornar um indicador para o diagnóstico do câncer. Os resultados parecem indicar que a redução da atividade do gene DLK1 poderia servir para deter, aparentemente pelo menos, a reprodução das células cancerígenas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.