Chutney: manga, liquidificador e... pimenta?

Manga verde batida no liquidificador com cebola, cominho, açúcar mascavo, pimenta vermelha e sal. Mais fácil impossível. Mas como explicar o rebolado do chutney feito pela indiana Meeta Ravindra? "O segredo é que ele é caseiro", ela despista. Nós entendemos: quando for fazer seu chutney procure ingredientes naturais. Não abra mão, por exemplo, de uma boa pimenta vermelha fresca, de um açúcar mascavo de qualidade. É o açúcar o responsável pela coloração marrom do chutney. A chef, que é dona de um buffet homônimo (4339-2134), desliga o liquidificador quando o chutney adquiriu uma consistência pastosa e serve-o geladinho. O molho vai bem em cima da torrada e enobrece carnes e peixes. "Sempre sirvo o chutney e as pessoas adoram, ficam querendo saber o que é", conta Meeta. Para esta indiana que parece ter saído da novela da Rede Globo Caminho das Índias - ela diz 'Namaste' e 'Om Shanti' sem chiliques - a manga é a rainha das frutas. "Gosto do chutney, do suco e do picles de manga. Faço festa quando é época". Festa à vista. Veja também: Dona perfumada Aprenda o passo a passo com o chef Thiago Bettin Ferran Adrià: 'Tenho uma queda por manga' São 226 pés. E pasmem: todos para uma pessoa só Na tailândia, é parceira do arroz doce Índia: manga em todos os lugares  Receita de chutney de manga  Receita de foie gras com manga  Receita de marinada de manga com surubim e tapioca  Receita de manga grelhada com maracujá  Receita de terrina de chocolate branco e manga

Giovanna Tucci,

12 Novembro 2009 | 11h19

Mais conteúdo sobre:
Paladar manga chutney Meeta Ravindra

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.