Chuva causa mais enchentes e danos no interior de SP

Mais quatro cidades da região de Sorocaba (SP) foram fortemente castigadas pelas chuvas que caíram entre a noite de ontem e a manhã de hoje. Em Nova Campina, choveu 120 milímetros em 40 minutos, e o centro da cidade ficou totalmente alagado.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agencia Estado

29 de janeiro de 2010 | 18h47

Os moradores descreveram o fenômeno como uma tromba d''água. No interior das casas, a água atingia um metro de altura. Mais de 300 pessoas tiveram de abandonar as residências. A rodovia que liga Nova Campina a Itapeva ficou alagada. Houve queda de barreiras. De acordo com o Corpo de Bombeiros, ninguém se feriu.

O temporal atingiu também a cidade de Guapiara. Dezenas de casas, uma escola e um entreposto de comercialização agrícola ficaram alagados. Houve quedas de árvores e duas casas sofreram desabamento parcial. Em Ribeirão Branco, o transbordamento de um córrego alagou parte da cidade. Pelo menos duas pontes caíram na zona rural.

Em Campina do Monte Alegre, o rio Paranapanema transbordou e deixou ilhadas dezenas de propriedades rurais. A Defesa Civil usou barcos para retirar os moradores. Parte da área urbana foi inundada.

Em Sorocaba, a chuva de ontem voltou a causar inundações e pelo menos cinco bairros amanheceram alagados. O rio Sorocaba avançou mais para fora do leito. Avenidas à beira do rio estão interditadas há três dias. Na estrada do Mato Dentro, dois postes caíram durante a madrugada e atingiram um ônibus do transporte coletivo municipal.

A corrente elétrica causou um princípio de incêndio, mas ninguém se feriu. Em Mairinque, o bairro do Horto está isolado pelo transbordamento de um córrego. Os moradores usam barcos para chegar à outra parte da cidade.

Tudo o que sabemos sobre:
chuvasSPestragos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.