Chuva deixa três regiões de SP em estado de atenção

Previsão de meteorologista é de que a chuva se restrinja a pancadas rápidas e isoladas no decorrer da tarde

ELVIS PEREIRA, Agencia Estado

20 Fevereiro 2008 | 15h58

Pancadas de chuva começaram a atingir a capital paulista na tarde desta quarta-feira, 20. Com isso, o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) decretou estado de atenção na zona sul e nas regiões sudeste e da Marginal do Rio Pinheiros. Por volta das 15 horas, chovia forte nas regiões das represas Billings e Guarapiranga e moderadamente na Marginal do Rio Pinheiros, nas imediações da Ponte João Dias. Não foram registrados pontos de alagamento. Segundo a meteorologista Lucyara Rodrigues, do CGE, a previsão é de que a chuva se restrinja a pancadas rápidas e isoladas no decorrer da tarde. Amanhã, no entanto, a chuva deve começar mais cedo e com mais intensidade. "Amanhã a chuva deve vir mais forte e generalizada", afirmou Lucyara. Temporais A Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração Nacional, enviou alerta às defesas civis de nove Estados e do Distrito Federal, por conta da possível ocorrência de chuvas fortes entre esta quarta e sexta-feira.  De acordo com a Sedec, os temporais devem atingir os Estados do Acre, Amapá, Bahia, Maranhão, Paraná, Rio de Janeiro, Goiás, São Paulo, Minas Gerais e o Distrito Federal. Em alguns momentos, as pancadas de chuva podem ser acompanhadas por raios e ventos de até 60 quilômetros por hora. A possibilidade de granizo isolado não está descartada. A Sedec recomenda que a população evite áreas de alagamentos e lugares que ofereçam pouca ou nenhuma proteção contra raios e ventos fortes. Há risco de deslizamentos de encostas, morros e barreiras. Os alertas foram emitidos com base em informações do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (Cptec) e do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.