Chuva diminui e São Paulo sai do estado de atenção

A intensidade da chuva que atingia a cidade de São Paulo diminuiu no fim da tarde de hoje e o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da Prefeitura tirou as zonas leste, sul e sudeste e a Marginal do Tietê do estado de atenção. No período, caiu granizo na Penha, na zona leste. Segundo o CGE, no começo da noite, chovia levemente em toda a capital paulista. Nas últimas horas, as ruas e avenidas tiveram até 18 pontos de alagamento, todos em situação transitável. O mau tempo fez o Aeroporto Internacional de Congonhas, na zona sul, passar a funcionar com o auxílio de instrumentos. Segundo a Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), as operações não foram prejudicadas. Até as 19 horas, dos 171 vôos previstos, dois partiram com atrasos superiores a uma hora, 1,2% do total, e oito foram cancelados (4,7%). A Defesa Civil informou não ter sido acionada para possíveis ocorrências por causa da chuva.

ELVIS PEREIRA, Agencia Estado

07 de fevereiro de 2008 | 19h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.