Chuva diminui e SP tem 32 pontos de alagamento

A cidade de São Paulo apresentava 32 pontos de alagamento por volta das 20h40, causados pela chuva da tarde de hoje. Mais cedo, o total de pontos de alagamento na cidade chegou a 60. A maioria deles é transitável, mas a situação ainda é muito difícil na região da Rua das Juntas Provisórias, das avenidas Ricardo Jafet e do Estado, nas proximidades do Viaduto Grande São Paulo. A pista marginal norte da Via Anchieta, sentido capital paulista, já foi totalmente liberada para o tráfego. As pistas centrais da via, nos dois sentidos, permanecem bloqueadas por volta das 20h30 na altura do km 13, em função do transbordamento do Ribeirão dos Couros.

FABIO MICHEL E ÍTALO REIS, Agencia Estado

17 de março de 2009 | 21h11

Apesar disso, há poucas alternativas para chegar ao ABC paulista. A Avenida do Estado ainda sofre consequências da chuva, assim como o corredor formado pelas avenidas Salim Farah Maluf e Luis Ignacio de Anhaia Melo. Já Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) liberou por volta das 20h50 a circulação dos trens metropolitanos entre as estações de São Caetano e Rio Grande da Serra, que foi interrompida por volta das 19h30. Mas as operações entre a Luz e São Caetano continuam suspensas: água nos trilhos é a principal razão.

E também por causa da chuva, os trens do Metrô operam com velocidade reduzida. Segundo a empresa, não houve outras complicações por conta do temporal e, apesar de dar acesso à linha parada da CPTM, o acesso às estações Brás e Luz não foi restringido.

Tudo o que sabemos sobre:
chuvasSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.