Chuva estraga provas e secretaria altera datas do Saresp

Prova serão feitas nos dias 27 e 28 de novembro por conta das chuvas que atingiram o Rio de Janeiro

Fabiana Marchezi, do estadao.com.br, Agencia Estado

19 Novembro 2008 | 11h45

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo alterou as datas das provas do Saresp (Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo). De acordo com a secretaria, as avaliações serão aplicadas nos dias 27 e 28 de novembro (quinta e sexta-feira), não mais em 25 e 26. A mudança ocorreu devido a um problema relatado pela Fundação Cesgranrio, responsável pela elaboração da avaliação, que teve seu depósito com as provas afetado pelas fortes chuvas no Rio de Janeiro.   Veja também:  Rio continua em estado de atenção por causa das chuvas     Segundo a Cesgranrio, as provas que viriam a São Paulo foram inutilizadas por água e barro após os temporais no Rio. A situação será contornada até a próxima semana pela instituição, sem qualquer prejuízo aos alunos ou ao Estado.   Todas as escolas que participarão do Saresp já estão sendo comunicadas pela secretaria. O Saresp é a avaliação de rendimento dos estudantes paulistas e será aplicado a cerca de 2,1 milhões de estudantes por todo o Estado: 1,8 milhão da rede estadual e 340 mil de escolas particulares e municipais.   "As fortes chuvas afetaram as provas, mas conseguimos contornar a situação. Em vez de terça e quarta-feira, alteramos as datas para quinta e sexta-feira, na mesma semana", afirma a secretária de Estado da Educação, Maria Helena Guimarães de Castro.   "O Saresp é fundamental para verificarmos como está a Educação paulista. É importante que os alunos e seus pais ou responsáveis levem a sério a avaliação. As provas são formuladas para identificar da melhor maneira o nível de cada estudante", complementa a secretária.   A secretaria resolveu abrir o Saresp para participação de escolas municipais e particulares neste ano. Cerca de 340 mil alunos a mais participarão da avaliação. Ao todo, 233 cidades paulistas (1.509 escolas municipais) aderiram. Das redes municipais participarão 288 mil estudantes. Das escolas privadas, 52 mil - são 175 da rede Sesi e 53 particulares.

Mais conteúdo sobre:
ensino avalição Saresp

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.