Chuva provoca estragos no Vale do Paraíba

A chuva intensa que caiu sobre a região do Vale do Paraíba, entre São Paulo e Rio de Janeiro, alagou a cidade de Paraibuna, neste domingo. As ruas do centro da cidade foram tomadas pela água e um campo de futebol desapareceu, submerso. Quedas de barreiras interromperam o tráfego nas estradas rurais. "Ainda não contabilizamos quantas quedas de barreira ocorreram. Acredito que até quarta-feira teremos esse balanço", informou a diretora municipal de obras, Sandra Garcia. O município pediu ajuda da Defesa Civil do Estado, representada no Vale do Paraíba pelo engenheiro Toshimtsu Fujita. "Ainda estamos analisando o volume dos estragos provocados pela chuva", disse o engenheiro. Nenhum morador teve que deixar sua casa, apesar da enchente. A força dos ventos derrubou árvores, o que obrigou funcionários da prefeitura a trabalhar durante todo dia para desobstruir as ruas. "A chuva também destruiu algumas linhas telefônicas", completou Garcia. Durante o fim de semana a chuva que caiu sobre a região do Vale do Paraíba também provocou alagamentos em Taubaté, Pindamonhangaba, São Luiz do Paraitinga e Piquete, onde as quedas de barreira em Lagoinha. A rodovia SP 62, entre Pindamonhangaba e Taubaté, ficou interditada por causa de alagamentos no km 141. Já na SP 153, estrada de acesso à cidade de Lagoinha, a lama tomou conta da passagem, que foi interditada. O acesso está sendo realizado pelo município vizinho de Guaratinguetá. Na cidade de Taubaté quatro famílias estão em casas de parentes.

SIMONE MENOCCHI, Agencia Estado

21 Dezembro 2008 | 20h18

Mais conteúdo sobre:
chuva alagamento cidades

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.