Chuva provoca ferimentos em 2 pessoas em Porto Alegre

Os fortes ventos e a chuva constante que atingiu a região de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, entre a noite de sexta-feira, 15, e a manhã deste sábado, 16, causou a queda de árvores e deixou moradores sem energia elétrica. Duas pessoas tiveram ferimentos leves após uma árvore de grande porte cair hoje cedo em cima de uma banca de jornal na Rua Pelotas, no bairro Floresta. Outras árvores atingiram carros. Segundo a Defesa Civil estadual, não foram registrados alagamentos.

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

16 de abril de 2011 | 18h23

Por volta de 14 horas, a Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) ainda contabilizava cerca de 3,3 mil consumidores sem fornecimento de energia elétrica. Os bairros mais afetados estão localizados nas zonas norte e sul. Técnicos da empresa trabalhavam para restabelecer o serviço.

Emergência

Até a tarde de sexta-feira, 15, os municípios de Santa Clara do Sul, Sério e Forquetinha haviam decretado situação de emergência devido à chuva. Já Venâncio Aires, Canudos do Vale, Cruzeiro do Sul, Cacequi e Santa Maria encaminharam Notificação Preliminar de Desastre (Nopred) para a Defesa Civil.

Em Santa Clara do Sul, 3.170 pessoas foram afetadas. Dezoito imóveis foram danificados pelo mau tempo e uma casa ficou destruída. Também ocorreram danos nos serviços de água, energia e transporte. As aulas foram suspensas e ocorreram perdas nas lavouras de milho, fumo e pastagens para os animais. Na cidade de Venâncio Aires existem seis mil moradores desalojados e mais de mil residências danificadas.

Tudo o que sabemos sobre:
Rio Grande do SulPorto Alegrechuvas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.