Chuvas deixam mortos no Espírito Santo e em Minas

Nove pessoas morreram nesta quinta-feira em Minas Gerais e no Espírito Santo em decorrência das fortes chuvas que vêm castigando os dois Estados nos últimos meses, deixando também feridos e desabrigados em toda a região, segundo as Defesas Civis estaduais.

YUKARI SEKINE, REUTERS

30 de dezembro de 2010 | 16h11

Morreram cinco pessoas no Espírito Santo e quatro em Minas Gerais. Ao todo, 10 pessoas morreram em Minas só nos últimos três dias.

O número de pessoas afetados pelas chuvas ultrapassa 1 milhão em Minas, e o Espírito Santo já calcula mais de 63 mil afetados.

Entre a população prejudicada há desabrigados (que recebem abrigo dos governos locais), desalojados (recebem abrigo de amigos ou familiares), e aqueles afetados pelos deslizamentos, inundações, destruições de vias públicas, pontes e bueiros, além de danos no sistemas de abastecimento de água e saneamento.

Em Minas são 66 municípios afetados, sendo que 39 já decretaram estado de emergência, enquanto no Espírito Santo são 26 municípios atingidos pelas chuvas.

No Espírito Santo, uma pessoa morreu ao ser arrastada pelas águas em uma rua no centro da cidade de Cachoeira de Itapemirim. Outra vítima também foi levada pela correnteza ao passar por uma ponte na cidade de Jerônimo Monteiro. Em Afonso Cláudio, uma casa foi soterrada e, apesar de duas pessoas conseguirem escapar a tempo, três outras morreram.

Uma residência também ficou soterrada em Minas Gerais, na cidade de Mantena. O deslizamento deixou sete pessoas presas sob a terra e quatro delas morreram, entre elas três crianças, segundo informações da Defesa Civil do Estado.

Só em dezembro, 12 pessoas morreram em Minas, e os dados desde outubro indicam 14 mortos.

As mortes foram registradas em Belo Horizonte, Visconde do Rio Branco, Santa Maria do Suaçui, Juiz de Fora, Cataguases, Barbacena, Lajinha, Ponte Nova e Mantena.

A previsão em Minas Gerais é de que a frente fria permaneça na região até o dia 3 de janeiro, com chuvas afetando principalmente as regiões noroeste, norte, centro e bacia do Rio Doce.

Tudo o que sabemos sobre:
GERALCHUVASMORTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.