Chuvas fortes matam cinco em regiões turísticas da Itália

Cinco pessoas morreram e oito estão desaparecidas depois que tempestades provocaram inundações e deslizamentos de terra no centro e no norte da Itália, disseram autoridades nesta quarta-feira.

REUTERS

26 Outubro 2011 | 08h56

As tempestades atingiram partes das regiões da Ligúria e Toscana na noite de terça, derrubando várias pontes e pelo menos uma casa, cortando o fornecimento de energia e água, suspendendo o serviço de trens e bloqueando estradas.

"Tudo está em falta aqui - suprimentos, água, eletricidade", disse Angelo Betta, prefeito da cidade de Monterosso, na região turística de Cinque Terre na costa da Ligúria, no noroeste da Itália.

"As pessoas estão entrando nas casas pelos terraços, está tudo inundado. Monterosso não existe mais".

Equipes de resgate disseram que estão com dificuldade em alcançar algumas das regiões inundadas e as pessoas estão sendo retiradas por mar de algumas cidades ao longo da espetacular costa. O Exército foi colocado de prontidão para ajudar nos trabalhos de resgate.

A frente da tempestade seguia na quarta-feira em direção ao sul, para Roma, onde as autoridades disseram que a situação estava sob controle apesar de as fortes chuvas na capital italiana provocarem congestionamentos.

Chuvas fortes e tempestades devem atingir regiões mais ao sul no final desta semana.

Mais conteúdo sobre:
ITALIA CLIMA MORTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.