Chuvas já desalojaram 11,5 mil em 32 cidades de SC

Passa de 370 mil o número de pessoas afetadas pelas chuvas em Santa Catarina desde terça-feira. Em 32 cidades, já são 11,5 mil os desalojados. As áreas mais prejudicadas são o sul do Estado e Joinville, onde 6,2 mil pessoas tiveram de deixar suas casas, segundo a Defesa Civil estadual. Vinte municípios já decretaram situação de emergência.

JÚLIO CASTRO, Agência Estado

21 de janeiro de 2011 | 15h59

Segundo o Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia (Ciram), deve chover forte em todas as regiões do Estado nos próximos dias. Os volumes variam entre 40 e 60 milímetros em pontos localizados na Grande Florianópolis e no Vale do Itajaí. No planalto norte e, principalmente, no litoral norte do Estado, o volume varia de 50 a 100 mm, o que pode causar alagamentos e deslizamentos em áreas de encosta, principalmente nas regiões onde o solo já está encharcado.

Equipes da Defesa Civil estão mobilizadas para atender eventuais emergências. O órgão também está trabalhando em obras em municípios atingidos pelas fortes chuvas nos últimos dias. O governo estadual liberou emergencialmente R$ 300 mil para as cidades de Criciúma, Siderópolis, Cocal do Sul, Nova Veneza, Morro da Fumaça e Forquilhinhas.

Enquanto isso, a Vigilância Sanitária de Blumenau, no Vale do Itajaí, desenvolve campanhas para conscientizar a população sobre as doenças características do período de chuvas. A água parada, principalmente em contato com o esgoto, é o principal meio de transmissão de leptospirose, hepatite A, cólera e tifo. Em novembro de 2008, na tragédia das chuvas que ocasionaram a morte de 135 pessoas no Estado, foram confirmados 150 casos dessas doenças infecto-contagiosas na cidade.

Tudo o que sabemos sobre:
chuvaSCdesalojados

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.