Ciclone não deve ser sentido em terra em RS e SC

A linha de instabilidade que passou pelo Rio Grande do Sul já está se deslocando para o Oceano Atlântico, onde deve se transformar num ciclone extratropical entre a noite de hoje e a madrugada de amanhã. Ao contrário do início de maio, quando um ciclone extratropical formado sobre o continente provocou estragos no litoral norte do Rio Grande do Sul e no litoral sul de Santa Catarina, desta vez o fenômeno será pouco sentido em terra. "Haverá apenas algumas rajadas de vento de 60 a 80 quilômetros por hora no litoral", prevê o meteorologista Flávio Varone, do 8º Distrito de Meteorologia. A previsão para amanhã indica que o tempo passará de nublado a parcialmente nublado e que a intensidade do vento será de fraca a moderada no Rio Grande do Sul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.