Ciclovia na Brás Leme, em SP, deve sair até dezembro

A Prefeitura promete concluir até dezembro um plano que existe há pelo menos sete anos: a ciclovia da Avenida Brás Leme, na zona norte de São Paulo. A Secretaria Municipal de Transportes projetou um percurso de três quilômetros ao longo do canteiro central da avenida - onde hoje há pista de caminhada e corrida, que será preservada. Além disso, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) estuda criar, em parceria com a iniciativa privada, a primeira ciclofaixa de lazer da região. Com dois quilômetros, ela deve ligar a ciclovia da Brás Leme ao Parque da Juventude.

FELIPE FRAZÃO, Agência Estado

25 Outubro 2011 | 07h17

O roteiro da ciclovia na Brás Leme já era previsto pelo menos desde o Plano Regional Estratégico da Subprefeitura da Casa Verde, de 2004. A previsão inicial era de que a ciclovia ficasse pronta em 2006, assim como outras duas - nas Avenidas Inajar de Souza, com sete quilômetros, e Engenheiro Caetano Álvares, com dois.

Ciclistas da região aprovaram a medida. "Treino na Brás Leme porque tenho conhecimento de 20 anos de ciclismo. Mas o trânsito de manhã é muito pesado. Ali não tem mais gente por medo. Agora a ciclovia vai estimular o uso", elogia o competidor e mecânico de uma oficina de bicicletas em Santana, Jaílson Vieira, de 37 anos, lembrando que a zona norte é carente de espaços destinados ao ciclismo. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Mais conteúdo sobre:
ciclovia Avenida Brás Leme SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.