Cidade de Serra Leoa impõe toque de recolher após tiroteio por caso de Ebola

Autoridades em Serra Leoa impuseram nesta terça-feira toque de recolher na cidade de Koidu, no leste do país, depois que uma discussão entre jovens e a polícia sobre um caso suspeito de Ebola se transformou em tiroteio e tumulto, disseram autoridades.

REUTERS

21 de outubro de 2014 | 17h37

Um líder da sociedade civil local disse ter visto pelo menos dois corpos com ferimentos de bala. O chefe da unidade da polícia local disse que os jovens atiraram em policiais com escopetas, mas negou que o confronto tenha deixado mortos.

Serra Leoa, Guiné e Libéria são os três países da África Ocidental mais afetados pelo mais recente surto de Ebola, que já matou 4.546 pessoas dentre 9.191 casos conhecidos desde março.

(Reportagem de Umaru Fofana)

Mais conteúdo sobre:
SERRALEOARECOLHERCONFUSAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.