Cidade na Nova Zelândia atingida por terremoto constrói catedral de papelão

Estrutura erguida no lugar de catedral destruída por tremor em Christchurch será provisória.

BBC Brasil, BBC

17 de abril de 2012 | 05h24

A cidade de Christchurch, na Nova Zelândia, que foi atingida por um forte terremoto no ano passado, vai construir uma catedral feita de papelão no lugar da original, que foi danificada e será demolida.

Os planos haviam sido anunciados no ano passado, mas as autoridades de Christchurch confirmaram só nesta semana que seguirão adiante com o projeto.

A versão feita com papelão custará cinco milhões dólares neozelandeses (cerca de R$ 7,5 milhões) e ficará pronta em dezembro.

O terremoto de 6,3 pontos de magnitude que atingiu a cidade no dia 22 de fevereiro de 2011 matou 185 pessoas e destruiu diversos prédios. Arquitetos chegaram à conclusão de que não haveria como restaurar a catedral.

Segundo integrantes da Igreja Anglicana no país, a nova catedral será construída a 300 metros da original.

Desenhada pelo arquiteto japonês Shigeru Ban, o local terá capacidade para abrigar 700 pessoas.

A estrutura, que além do papelão também possui vigas de madeira, aço e concreto, será usada como ponto provisório para orações e missas, até que uma nova catedral permanente seja construída.

Os engenheiros acreditam que a estrutura provisória, que é à prova de chuva e de incêndios, deve durar pelo menos 20 anos.

Alguns moradores chegaram a fazer um apelo para que a igreja original fosse mantida e reaproveitada de alguma forma, mas arquitetos disseram que isso não seria possível. Eles prometeram que demolirão a antiga estrutura com "respeito", retirando aos poucos cada pedaço da igreja. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.