Cidades do Nordeste estão em situação de emergência

Ao menos 33 municípios em quatro Estados da Região Nordeste do País já declararam situação de emergência por conta da estiagem, de acordo com portarias publicadas nesta sexta-feira no Diário oficial da União. Outras duas cidades do Amazonas, na região Norte, declararam situação de emergência por motivo de enchentes e inundações.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

20 Abril 2012 | 14h03

Em Sergipe, os municípios que decretaram situação de emergência devido à seca são Canindé do São Francisco, Carira, Frei Paulo, Cararu, Graccho Cardoso, Itabi, Monte Alegre de Sergipe, Nossa Senhora Aparecida, Nossa Senhora da Glória, Nossa Senhora de Lourdes, Pedra Mole, Pinhão, Poço Redondo,Poço Verde, Porto da Folha,São Miguel do Aleixo, Tobias Barreto e Tomar do Geru.

No Piauí, a situação é a mesma nas cidades de Betânia do Piauí, Caldeirão Grande do Piauí, Caridade do Piauí, Coronel José Dias, Dirceu Arcoverde, Pajeú do Piauí, Patos do Piauí e Santo Antônio de Lisboa. Na Bahia, Boa Vista do Tupim, Bonito, Lajedinho, Seabra e Tapiramutá, estavam na mesma situação, assim como Jucurutu, no Rio Grande do Norte. No Amazonas, os municípios de Atalaia do Norte e Lábrea estão em situação de emergência por conta das enchentes e inundações graduais.

Por meio de portaria publicada também nesta sexta-feira no Diário Oficial da União, o Ministério da Integração Nacional autorizou o empenho e repasse de R$ 15 milhões para o Estado do Piauí, destinados à execução de ações de socorro, assistência às vítimas e restabelecimento de serviços essenciais em localidades atingidas pela estiagem.

Mais conteúdo sobre:
ambientesecaNordeste

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.