Cientistas indianos redescobrem planta medicinal rara

Cientistas indianos, que trabalhavam numa floresta tropical do país, descobriram uma rara planta medicinal, vista pela última vez há 115 anos, informa um periódico científico. Os botânicos trabalhavam no distrito de Subansiri Superior, em Arunchal Pradesh, Estado indiano da fronteira da China, quando encontraram o espécime de Begonia tessaricarpa, de acordo com a edição atual de Current Science, uma publicação indiana. Não há informação da data da descoberta.As etnias locais acreditavam que a planta tivesse propriedades medicinais, combatendo dores de estômago e desidratação. Sua seiva serviria como repelente de sanguessugas.A planta entrou na literatura científica, pela primeira vez, ao ser descrita pelo britânico C. B. Clarke em 1879 e 1890, mas nunca mais havia sido avistada.

Agencia Estado,

07 de novembro de 2006 | 15h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.