Cientistas tentam salvar o condor

Projeto de conservação tenta aumentar número de condores vivendo em liberdade.

BBC Brasil, BBC

30 de novembro de 2007 | 17h20

Cientistas na Argentina montaram um projeto que tem como objetivo salvar uma das espécies mais ameaçadas do mundo: o condor dos Andes.No passado, era comum ver milhares de condores cruzando os céus da América do Sul. Mas com anos de caça e mudanças no habitat natural, o número de pássaros diminuiu muito.O projeto de conservação tenta aumentar o número de condores vivendo em liberdade. Por isso, monitora o desenvolvimento dos ovos em incubadoras.Os pequenos condores são alimentados oito vezes ao dia pela equipe, que usa um fantoche para que eles pensem que estão sendo cuidados por um condor adulto."Gradualmente, vamos reduzindo a quantidade de comida até que eles se acostumem a fazer somente uma refeição por dia", diz Vanessa Astore, diretora do projeto."Eles se alimentam da carniça de animais mortos, então têm que aprender como cortar e comer a pele de um animal", conta Vanessa. "Nós preparamos os filhotes para o tipo de comida que eles encontrarão no habitat natural."Os pequenos condores são protegidos pelo projeto por um ano antes de serem soltos na natureza. Os cientistas esperam que até lá, eles aprendam o que precisam para sobreviver.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.