Cientistas usam atletas de parkour para estudar orangotangos

Britânicos querem saber como orangotango, sendo tão grande, consegue se mover entre árvores comendo tão pouco.

BBC Brasil, BBC

06 de março de 2012 | 15h42

Cientistas britânicos contam com a ajuda de atletas de parkour, ou freerunning, para descobrir como orangotangos se movem no topo das árvores.

Os cientistas construíram um percurso na Universidade de Birmingham, na Grã-Bretanha, que imita o topo das árvores de uma floresta tropical e os atletas imitam a forma como os orangotangos se movem, pulando e se pendurando.

Os cientistas querem saber como um animal grande como um orangotango consegue se mover tão facilmente pela floresta usando muita energia e comendo apenas frutas e insetos.

Durante os testes no percurso em Birmingham, os atletas usam uma máscara e uma mochila com equipamentos para medir o gasto de energia. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.