Cigarro afeta genes minutos após a inalação

Pesquisa publicada na revista American Chemical Society alerta que a fumaça do cigarro começa a causar danos genéticos poucos minutos após a primeira inalação. Foi o primeiro estudo com humanos a detalhar como certas substâncias no tabaco prejudicam o DNA e causam câncer. No entanto, até o momento os cientistas não determinaram como as substâncias prejudiciais do tabaco causam danos ao DNA em humanos.

, O Estado de S.Paulo

18 de janeiro de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.