Divulgação
Divulgação

Cinco coisas para fazer na Vila Mariana

Cinemateca ocupa o espaço do antigo Matadouro Municipal e abriga o maior acervo de imagens em movimento da América Latina

O Estado de S. Paulo

08 Dezembro 2014 | 15h48

1. Sesc Vila Mariana – não faltam opções de divertimento e lazer no Sesc. Lá acontecem todo o mês ao longo do ano exposições, cursos, oficinas, apresentações de teatro e música, além de atividades esportivas. Inaugurado em 1997, o lugar se tornou um dos maiores polos culturais da cidade. E ainda fica próximo do metrô. 

Terça a sexta, das 7h às 21h30, sábados, das 9h às 21h, domingos e feriados, das 9h às 18h30

Rua Pelotas, 141, Vila Mariana – (11) 5080-3000

2. Cinemateca – criada em 1940 pelos então estudantes de Filosofia Paulo Emilio Salles Gomes, Decio de Almeida Prado e Antonio Candido, a Cinemateca só foi ocupar o espaço do antigo Matadouro Municipal em 1992. O lugar possui o maior acervo de imagens em movimento da América Latina, formado por cerca de 200 mil rolos de filmes, que correspondem a 30 mil títulos. São obras de ficção, documentários, cinejornais, filmes publicitários e registros familiares, nacionais e estrangeiros, produzidos desde 1895. O passeio é imperdível.

Todos os dias, das 9h às 18h

Largo Senador Raul Cardoso, 207 - Vila Mariana - (11) 3512-6111

3. Casa Modernista – é considerada a primeira residência modernista do País e foi tombada como patrimônio histórico e artístico em 1986. O tombamento aconteceu após a organização de moradores da região que queriam impedir a construção de um loteamento residencial no local. O projeto é do arquiteto Gregori Warchavchik, que idealizou a casa para morar com sua família após o casamento em 1927.  Atualmente é uma das onze casas do Museu da Cidade de São Paulo.

Terça a domingo, das 9h às 17h

Rua Santa Cruz, 325 - (11) 5083-3232

4. Museu Lasar Segall - o museu está instalado na antiga residência e ateliê de Lasar Segall, projetada pelo arquiteto Gregori Warchavchik, também responsável pela primeira casa modernista no bairro. O lugar possui um acervo de 3 mil obras do artista, além de arquivo pessoal e fotográfico. Fechado para reformas desde 2013, reabre suas portas em março do próximo ano. 

Fechado para reformas – reabre em março de 2015

Rua Berta , 111 – 2159-0400

5. Museu Instituto Biológico - inaugurado nos anos 40, o Instituto Biológico foi criado para combater uma praga que havia devastado os cafezais paulistas e tornou-se referência nacional na área de pesquisa. Hoje o espaço também abriga um museu que aproxima à ciência dos visitantes de forma lúdica e didática. Em 2010, ganhou uma nova atração: uma exposição permanente sobre a vida dos insetos, onde acontece uma divertida corrida de baratas.

Terça a domingo, das 9h às 17h

Rua Dr. Amâncio de Carvalho, 546 - (11) 2613-9500

Mais conteúdo sobre:
bairrossp Vila Mariana

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.