Cinco da mesma família são mortos em chacina no RS

Um bebê, de apenas 1 ano e meio, e uma menor de 10 anos conseguiram escapar ilesos do tiroteio

Paulo R. Zulino, estadao.com.br

06 de maio de 2008 | 09h08

Cinco pessoas da mesma família foram assassinadas a tiros, durante a madrugada desta terça-feira, 6, no município de Viamão, região metropolitana de Porto Alegre. De acordo com a Brigada Familiar da cidade, quatro ou cinco homens chegaram fortemente armados e atirando contra uma das casas do Jardim Castelinho, uma área invadida na periferia de Viamão, onde residem cerca de cinco mil moradores. Pelo menos sete pessoas estavam na casa quando os executores chegaram.Foram mortos os gêmeos Michael da Silva Cardoso e Marlon da Silva Cardoso, de 22 anos, além de Marilei da Silva e Cardoso e outros dois menores. Conforme a Brigada Militar, um dos irmãos tinha dívida de drogas com traficantes que agem na área e o outro era foragido da Justiça. Um bebê, de apenas 1 ano e meio, e uma menor de 10 anos, que também estavam na casa no momento da invasão, não ficaram feridos. Na quarta-feira da semana passada, a mãe de três dos mortos foi assassinada em Porto Alegre, dando início à seqüência de mortes.

Tudo o que sabemos sobre:
chacinaRio Grande do Sulviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.