Cinco são presos em operação contra milicianos no Rio

Quadrilha atuava nas localidades do Pilar, Pantanal, Vila São José e adjacências de Campos Elíseos

estadão.com.br, texto atualizado às 18h12

09 de fevereiro de 2012 | 08h45

SÃO PAULO - Cinco suspeitos de integrar uma milícia que atuava na Baixada Fluminense foram presos nesta quinta-feira, 9, durante uma operação da Polícia Civil.

As investigações demonstraram que a quadrilha atuava em agiotagem, compra e venda de armas, comércio de combustíveis, serviço de internet, proteção aos comerciantes e moradores, receptação de carros e peças roubadas, invasão de casas e terrenos, falsificação de documentos e tráfico de influência. O grupo agia nas localidades do Pilar, Pantanal, Vila São José e adjacências de Campos Elíseos.

Foram expedidos pela Justiça sete mandados de prisão e 16 de busca e apreensão. A polícia ainda procura por dois foragidos. Durante as buscas, os policiais apreenderam uma espingarda, um revólver calibre 38 e R$ 6 mil.

A operação contou com 54 agentes e foi composta por 16 equipes do Departamento Geral de Polícia da Baixada (DGPB), uma equipe da Corregedoria Geral Unificada (CGU), e uma equipe Corregedoria Interna da Polícia Civil (Coinpol).

Os presos vão responder por ameaça, furto de combustível, furto de sinal televisivo, extorsão mediante emprego de arma, esbulho mediante violência, receptação, quadrilha armada, adulteração de veículo, tráfico de influência, corrupção ativa, agiotagem, estocagem imprópria de combustíveis, porte de arma de fogo, e venda de arma de fogo.

Tudo o que sabemos sobre:
operaçãomilicianosRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.