Cine Belas Artes funcionará pelo menos até fevereiro

Depois de aprovada a abertura do processo de tombamento, o Cine Belas Artes, que ia fechar na próxima quinta-feira, vai permanecer aberto pelo menos até 27 de fevereiro. A decisão foi tomada ontem pelo sócio-proprietário do cinema, André Sturm.

AE, Agência Estado

21 de janeiro de 2011 | 10h26

Sturm afirmou que o contrato de locação já iria até fevereiro. "Mas, quando recebi a notificação do proprietário, no começo de janeiro, achei muito deprimente deixar o cinema funcionando por tanto tempo, sabendo que ia acabar", explicou. Com a mobilização do público - que fez passeatas e abaixo-assinado na internet - e a decisão do Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp), o proprietário repensou a decisão. "Agora, seria um contrassenso fechar um mês antes da data final".

Tombamento

O "fecha-não-fecha" do Belas Artes começou em março de 2010, quando o cinema perdeu o patrocínio de sete anos do Banco HSBC. Em novembro, Sturm conseguiu novo patrocínio e estava prestes a divulgá-lo quando recebeu a notícia de que o dono do imóvel na Rua da Consolação, o empresário Flávio Maluf, queria reaver o prédio. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
Belas Artestombamentofuncionamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.